Softwares originais e atualizados Dunamys

3ª Prática de segurança da informação: possuir softwares originais e atualizados

A terceira prática que deve ser valorizada dentro da segurança da informação é manter e possuir os softwares originais e atualizados. Uma das principais causas das invasões cibercriminosas ocorrerem é a falta da atualização de softwares de segurança, além do uso criminoso desses softwares em suas versões piratas.

Neste artigo explicaremos de que modo possuir softwares originais e atualizados é uma maneira de evitar problemas com cibercriminosos e invasões na sua empresa. Ademais, mostraremos qual a importância dessa prática de segurança em relação aos dados da empresa.

Softwares originais e atualizados: por que cultivar essa prática?

Os motivos para manter softwares originais e atualizados são vários. Antes de tudo, falaremos sobre os softwares originais. Em seguida, comentaremos sobre os softwares atualizados.

Softwares originais e as vantagens

Os softwares originais costumam falhar menos. Isso ocorre por dois principais motivos: há um acompanhamento dos desenvolvedores e suporte a todo momento. Quando falham, o suporte está ali para ajudar. Além disso, quem usa software original se sente muito mais seguro. Observar que a empresa certificou-se de obter uma cópia original passa sensação de credibilidade. A imagem positiva da empresa é, portanto, forte quando ela investe em cópias originais.

Quem obtém softwares por cópias não originais, ou seja, de forma pirateada, pode ser preso ou ter que pagar indenizações. Empresas que usam softwares piratas sofrem de dois riscos: em primeiro lugar, de serem hackeados; em segundo lugar, de terem prejuízos astronômicos.

Algumas empresas podem pensar que por ser um gasto muito alto, o software original acaba trazendo prejuízo. O que elas não percebem é que a indenização por usar softwares piratas pode acabar sendo até duas mil vezes mais cara que o pagamento da licença deles. Ou seja, além de perder o uso do software, a empresa sofre risco de falir. Em outras palavras, compensa muito mais comprar um software original. Ainda que seja um alto investimento, é a melhor opção a se concretizar dentro de uma empresa.

Por fim, um software original abrange todos os benefícios anteriores e é seguro. A empresa que comprou a licença está financiando para que o suporte, a manutenção e a segurança dos futuros softwares fiquem ainda melhores. Antes de tudo, quem compra um software original contribui para o desenvolvimento de outras empresas.

Softwares atualizados e as vantagens

De modo geral, softwares atualizados oferecem uma maior proteção para as empresas. Quem precisa de proteção de dados deve optar por softwares atualizados. Versões mais novas significam várias coisas: melhorias, segurança, funcionalidades e novas ferramentas.

Assim sendo, é importante manter os softwares da empresa atualizados. Acompanhar e utilizar produtos que são atualizados frequentemente também é dever da empresa.

A segurança da informação não depende somente de antivírus, mas de um conjunto todo seguro. Aplicativos que estão desatualizados podem abrir brechas e vulnerabilidades para invasão. Os cibercriminosos, portanto, estão de olho nesses produtos.

Geralmente, os softwares que estão atualizados consomem menor processamento. Afinal, um produto otimizado consegue processar mais dados com menor uso da memória. Além disso, há um uso menor da internet, pois a otimização web também é realizada nesses aplicativos.

Correção de problemas, vulnerabilidades e bugs são também viabilizados em produtos atualizados.

Em resumo, softwares originais e atualizados fazem parte do conjunto da segurança da informação. É muito importante garantir que os usuários estejam imunes aos ataques superficiais existentes hoje em dia. Afinal, com o avanço da tecnologia o número de crimes cibernéticos aumenta. Portanto, proteger-se é um dos únicos modos de evitar que aconteça qualquer tipo de vazamento de dados. Assim sendo, é necessário investir em produtos que sejam atualizados e originais.

Você também pode fazer o nosso quiz e descobrir em que nível está sua segurança em relação a essas dez práticas, é só clicar no banner abaixo:

Compartilhe